Ir direto para menu de acessibilidade.


Página inicial > Notícias > Acervo virtual da Biblioteca Pública Arthur Vianna recebe mais de 300 mil acessos em 2018
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Acervo virtual da Biblioteca Pública Arthur Vianna recebe mais de 300 mil acessos em 2018

  • Publicado: Quinta, 06 de Dezembro de 2018, 16h45
  • Última atualização em Quinta, 06 de Dezembro de 2018, 16h45
  • Acessos: 3283
imagem sem descrição.

Você já imaginou um livro com quase 300 anos de idade disponível online pra consulta? Pois é possível! A biblioteca pública Arthur Vianna desenvolve desde 2011 o projeto “Obras Raras e Antigas – Acervo Digital”, oferecendo acesso gratuito a mais de mil obras pela internet.

A Biblioteca Pública Arthur Vianna tem o objetivo de auxiliar no desenvolvimento de pesquisas, apoiando pesquisadores em seus estudos, sendo assim, o projeto visa contribuir, ao facilitar o acesso a obras raras e únicas, com um vasto acervo ao alcance de um clique.

O acervo online disponibiliza no site da FCP os mais diversos jornais, revistas, álbuns, relatórios, livros raros e antigos, além de alguns exemplares que chegam a quase 300 anos de idade, como é o caso do livro “Triunvirato Espiritual, e histórico, nas prodigiosas vidas de tres insignes varoens” de 1722, impresso em Portugal.

O Acervo Digital de Obras Raras recebe acessos de norte a sul do Brasil, e até mesmo do exterior, com países como Portugal, Estados Unidos, México, e Alemanha representando os principais países estrangeiros que consultam o acervo. Em 2018 o acervo teve aproximadamente 339 mil acessos até o início de dezembro, com o “Álbum do estado do Pará de 1901-1909 sendo o arquivo mais acessado este ano.

Segundo o bibliotecário Andrey Anjos, o número de acessos às obras é bem dinâmico, podendo mudar no decorrer do mês ou a cada semana. “Em novembro, os materiais mais acessados foram os álbuns do estado do Pará de 1908, de 1989 e contos de história de Arthur Vianna no ano de 1919”, detalha o servidor.

Inovações estruturais - O setor de obras raras da Arthur Vianna recebeu recentemente oito módulos de arquivo deslizante, uma opção muito útil para armazenamento de documentos e materiais diversos, uma novidade no acervo que tem como objetivo acondicionar adequadamente jornais microfilmados ou que ainda estão aguardando o processo de microfilmagem. “Além de contribuir para a preservação de jornais antigos, ele tem a praticidade de ocupar menos espaço”, explica Ranulfo Figueiredo, um dos responsáveis pelo acervo.

A Biblioteca Arthur Vianna mantém também o maior acervo de jornais da Região Norte, jornais esses microfilmados e armazenados. Segundo Figueiredo, esse processo de microfilmagem tem a intenção de preservar os jornais, principalmente os provenientes do século XIX e XX. o objetivo é que eles estejam em bom estado para serem digitalizados depois.

Serviço: Para entrar a Secção de Obras Raras da Biblioteca Pública Arthur Vianna, basta entrar no portal: http://www.fcp.pa.gov.br/ e procurar a Secção de Leitura e Informação. O acesso e a leitura são gratuitos.

registrado em:
Fim do conteúdo da página